O Vidro

 " uma substância sólida e amorfa que apresenta temperatura de transição vítrea"

 

O vidro

"Os fenícios contam que ao voltarem à pátria, do Egito, pararam às margens do Rio Belus, e pousaram sacos que traziam às costas, que estavam cheios de natrão (carbonato de sódionatural, que eles usavam para tingir lã). Acenderam o fogo com lenha, e empregaram os pedaços mais grossos de natrão para neles apoiar os vasos onde deviam cozer animais caçados. Comeram e deitaram-se, adormeceram e deixaram o fogo aceso. Quando acordaram, em lugar das pedras de natrão encontraram blocos brilhantes e transparentes, que pareciam enormes pedras preciosas, estava decoberto o "vidro"

Apenas próximo ao ano 100 a.C., as técnicas de fabricação se desenvolveram. Foi quando os romanos começaram a utilizar o sopro, dentro de moldes, na fabricação do vidro, o que possibilitou sua produção em série. O apogeu desse processo se deu no século XIII, em Veneza. Após incêndios provocados pelos fornos de vidro da época, a indústria de vidros foi transferida para Murano, ilha próxima de Veneza. As vidrarias de Murano produziam vidros em diversas cores, um marco da história do vidro, e a fama de seus cristais e espelhos perduram até hoje. Até 1900, a produção dessa matéria-prima ainda era considerada uma arte quase secreta.

 

NO BRASIL

A história do vidro no Brasil iniciou-se no seculo XVII com os holandeses, em Pernambuco onde a primeira oficina de vidro foi montada por artesões que acompanhavam  Nassau . Esta fabricava vidros para janelas, copos e frascos. No seculo XX, a empresa francesa Saint-Gobain e a inglesa Pilkington construiram a primeira fábrica de vidro float do Brasil, a Cebrace, no  Vale do Paraíba.A primeira linha foi construída em Jacareí em 1982, a segunda em Caçapava em 1989, e a terceira também em Jacareí, em 1996. Em 2004, a Cebrace inaugura sua quarta linha em Barra Velha (SC).Juntas,as unidades produzem 2.700 toneladas de vidro por dia.